Referencial DOIS . Fotografia para além da fotografia

TURMA_JULHO_2017.jpg
Apresentação

Em 20 anos de história [1997], o Instituto Casa da Photographia, sempre  atuou e participou da formação de algumas centenas de pessoas, hoje fotógrafos atuantes no mercado e no cenário artístico regional e nacional. Contudo, foi chegado o tempo em que esse conhecimento, o do domínio da máquina, como se ela pudesse pensar junto ao fotógrafo, se tornasse insuficiente. Hoje, o bom fotógrafo não é mais aquele que sabe fazer uma boa fotografia. O bom fotógrafo é, sim, e acreditamos que sempre foi, aquele que oferece aos apreciadores desta arte, muito mais questionamento sobre suas imagens, dos que repostas.

Referencial Dois [30 horas]

O curso tem como proposta fazer uma ampla revisão e apresentação de artistas, conceitos e técnicas sobre uma das linguagem mais determinantes da Fotografia. O curso é dedicado aos que venceram a barreira do equipamento, o  Referencial Dois é indicado aos que querem ir mais longe do que a câmera fotográfica pode oferecer.

É um curso Indicado primeiro aos alunos de Referencial Um. Em seguida, aos alunos de qualquer outro curso de Fotografia de iniciação, ou mesmo, aos que querem estudar um pouco  mais, além da simples técnica da fotografia. Aos auto ditadas !

 Justificativa

Atualmente, a fotografia vem passando por transformações em sua forma de representação. Em pouco tempo, perderemos as linhas que delimitam o ver e o fazer da fotografia. Em pouco tempo, a imagem fotográfica, não terá mais o mesmo significado daquela que o seu criador embutiu ao dar luz, através de seu equipamento. Hoje, já praticamos essa realidade.

E o que restará aos fotógrafos neste novo tempo?

Fazer boas fotografias?

Fazer bonitas fotografias? Não.

O que nós restará, será a capacidade de oferecer sentido às imagens. Oferecer sentimento ao seu trabalho; transcender para oferecer ao seu trabalho, a sua própria historia, as suas crenças, e as suas convicções. Isso é, transcender ao próprio fazer fotográfico. Condição vista em diversos fotógrafos do nosso tempo.

Metodologia

É, a partir desta premissa, que o curso Referencial Dois parte não mais para oferecer aos alunos, o mero domínio sobre o equipamento e a percepção da luz. Mas, sobretudo, para oferecer aos participantes do curso, capacidade para produzir imagens além das possibilidades oferecidas pelos tradicionais equipamentos, ou e também pelos novos equipamentos, como os celulares, que, na verdade, muita das vezes, simplificam o fazer sem retirar da imagem o sentido crítico; o estilo do fotógrafo; sem retirar da imagem, a luz, a ação, e a precisão do momento.

Murilo, Salvador, Marcelo Reis, 2013

Murilo, Salvador, Marcelo Reis, 2013

Será objeto do curso Referencial Dois, seja através de aulas teóricas expositivas com filmes e textos, os fundamentos da fotografia conceitual atual, e as suas problemática, ou de suas diversas aulas práticas em grupo e avaliadas.

Fazer lembrar que, são nossos olhos, e a nossa capacidade de interação com a realidade que produz a fotografia.  

Pretendemos no curso Referencial Dois desvendar a filosofia da “caixa preta” e entender como o equipamento precisará se tornar uma extensão do nosso corpo, para que somente assim, consigamos fazer fotografia sem estar a pensar, sem estar ver, apenas com nossos sentidos, com nossas intuição, com nossas memórias.     

No curso Referencial Dois,  o aluno terá a possibilidade de perceber como a fotografia se desdobrou  diante dos novas conceitos contemporâneos nas Artes Visuais, e o que é Artes Visuais?  A fotografia é parte desta seara? 

A partir deste curso será possível entender quais os limites que definem a fotografia dentro de campo cada vez mais abstrato e subjetivo da realidade prática da imagem, seja no campo artístico, comercial ou meramente pessoal.

Participe do curso Referencial Dois! E faça parte das transformações as quais a fotografia tem vivido.

São Francisco, Salvador, 2013, Marcelo Reis

São Francisco, Salvador, 2013, Marcelo Reis

Principais tópicos do curso

Breve história da fotografia do daguerreótipo ao processamento digital;

O caráter artístico da fotografia, novas linguagens;

O caráter artístico da fotografia em preto e branco;

O caráter artístico da fotografia em cor;

Luz criativa;

Curadoria, o que é, para que serve?;

O Retrato;

Fotografia de rua

Matarandiba . Fotografias Marcelo Reis, 2013

Matarandiba . Fotografias Marcelo Reis, 2013

Turma 07-07.2017

Quando: Sábados,  início programado para o dia 08 de julho de 2017

Horário: 8h30 às 12h30 – 4hs dia

Total de horas: 30 horas

O Instituto Casa da Photographia reserva-se ao direito de modificar essa programação em função ao número de alunos.

Investimento: de R$ 1.140 por R$ 600,00 [promoção por tempo limitado] pague a vista R$ 550,00**, com direito ao material teórico

Aproveite ainda mais nossa promoção de aniversário, faça a matrícula dois curso [REFERENCIAL UM E DOIS] por R$ 1.000,00

Professor Marcelo Reis

Entre em contato por e-mail ou telefone: 71.99929.9727 – Marcelo Reis, 71.3013-8816 – Viviane

Se deseja fazer parte de nossa turma, preencha nossa ficha e nos mande um e-mail: ficha-de-matricula-2016

PLANO DE AULA: turma 08.07.17_JUNTAS