Fotografia Cyrille Druart

Oficina Preto e Branco  

Entre o Óbvio e o Obtuso*

 “Eu fui capaz de realizar uma imagem como desejava: não a forma como aparecia na realidade, mas como eu a senti e deveria aparecer na impressão final.”  – Ansel Adams

 cartazPB2017.jpg

Entre o óbvio e o obtuso*, – A partir do estudo, por livre associação, das obras de fotógrafos, faremos um percurso sobre a estrutura físico-visual da fotografia em preto e branco enquanto linguagem.

Desde Ansel Adams, o criador da medição por zona, passando por Henri Cartier-Bresson, o criador do momento decisivo, Robert Franck, o criador do ensaio fotográfico, até fotógrafos contemporâneos que levaram a fotografia em preto e branco para além da imagem, para muito mais do que se ver.

Questões destacada na estrutura do curso, como a luz, a ação na fotografia, o fator ficcional da narrativa e a sentido do autor, são abordados de maneira à oferecer ao aluno a compreensão sobre o ato fotográfico a partir da linguagem do preto e branco, como diria o poeta, Ver sem está a pensar.

Distribuídos em 22hs [2h30h X 9 dias], entre teoria e avaliação de produção individual, o aluno será instigado a olhar com novos olhos, a organizar uma narrativa visual, potencializando a dramaticidade existentes na fotografia em preto e branco.

Para a matricula, o aluno deverá apresentar 04 imagens fotográfica de uma proposta de trabalho, que será validado para o inicio das aulas.

Período: 20 de março até 17 de abril de 2017 
Segundas e quartas das 19 às 21h . 22 horas 
Investimento: R$ 550,00 ou 2 de R$ 300,00 
Orientação: Marcelo Reis

Bibliografia entregue no dia da aula 
WhatsApp: 71.99929.9727 - Marcelo Reis / 71.3013-8816 - Viviane 
institutocasadaphotographia@gmail.com 
Rua Silvino Marques, 61, Morro do Ipiranga, Barra

Veja nosso programa entre-o-obvio-e-o-obtuso_programa

Fotografia destaque Cyrille Druart, *Roland Barthes, 1982

Anúncios